Τετάρτη, 10 Οκτωβρίου 2012

OS QUE NADA FIZERAM DURANTE OS ÚLTIMOS 38 ANOS PODEM DAR-NOS UM GOLPE DE ESTADO POR FAVOR? UM GOLPE OU DOIS OU MESMO UNS IMPLANTES MAMÀRIOS NA REPÚBLICA




Empatia com os demais é cousa que nunca existiu
Cada grupo sofre pressões internas para se conformarem com as Idei-as dei-as do Grupo

Paradigmas, ou para raios, para manter as conquistas salariais ganhas durante 30 paralisações dos portos do deserto nos idos de 1975 a 1988, a malta da estiva condena a malta dos camiões a andar na gandaia para fazer uns cobres.
Grandes massas humanas vivem numa democracia pejada de estrelas de bollywood e de agricultores de OGM afogados ou enforcados em dívidas
(ultimamente é mais shots de paraquato e paratião...3000 suicidas semanais na maior democracia campesiña do mundo).

O problema da democracia é que só funciona sem atrito em épocas de vacas gordas e às vezes nem isso, pois anos mais gordos que a década de 60 na mittel eurropa jamais...

O problema da democracia é a demografia
e as élites gerontocráticas que a gerem

de resto esse foi o problema da URSS e do pacto
Pouca mobilidade geracional

As élites democráticas sofrem com a pressão de grupo

SAMpayo quer  alternativa ao capitalismo occidental com fio dental
talvez ao estylo cleptocrático do Haiti ou Zimbabuébué

Magalhães quer uma redecoração do gabinete ao estylo Baiano

Só ares é que diverge nuns dias quer a impressora a todo o vapor nos outros quer outro 25 de abril que ponha a sua clique no poder
noutros dias esta democracia já deu tudo o que tinha para dar
fuzile-se ou afogue-se

Quando a gerontocracia radical e reumática só produz um da chancela pré residencial que debita uma mensagem de unidade e empatia com os pacientes da piolheira

e esse tal é um militarista promovido a político

tá tude dite
craro que a eurropa se bai reinventar
O Aborrecimento é uma óptima motivação para a mudança
A perda de empatia das élites com os servos é algo que vem de longe